CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA

ACEITAÇÃO DAS CONDIÇÕES

O cliente concorda com os termos e condições de venda abaixo discriminadas, sendo de sua inteira responsabilidade o conhecimento dos mesmos, renunciando a qualquer outro direito consagrado na lei geral ou especial em caso de confirmação de orçamento ou aceitação de encomenda.

ENCOMENDAS

As encomendas só podem ser efetuadas mediante requisição ou documento escrito, sem o qual não podem ser executadas. A ordenação cronológica das encomendas pode ser alterada pela Vidrotorre, Lda por necessidades técnicas de planificação ou tendo em conta as regras de boa técnica ligadas à conveniente exploração dos equipamentos. Os prazos de entrega são estabelecidos segundo as características da encomenda e são indicativos mas não vinculativos, salvo acordo escrito em contrário, procurando a satisfação do cliente no mais curto espaço de tempo. No caso de um cliente solicitar à Vidrotorre, Lda o armazenamento de matéria-prima de forma a satisfazer uma futura encomenda, e se essa encomenda não se concretizar, a Vidrotorre, Lda faturará ao cliente o valor dessa matéria-prima.

ANULAÇÕES

Todas as anulações devem ser efetuadas por escrito, caso contrário não são consideradas. Não são aceites anulações de encomendas cujo fabrico já tenha sido iniciado, em último recurso serão debitadas todas as despesas inerentes até ao momento.

MOLDES

Para vidros de geometria irregular, no caso de ser o cliente a fornecer o molde, este responsabiliza-se pelo mesmo. Os moldes devem corresponder às dimensões exatas do vidro pretendido; A superfície mínima a considerar para faturação corresponde ao retângulo onde se inscreve o molde, sendo os valores milimétricos por excesso ao cm. (ex: 1425=1430). Vidros sujeitos a molde e/ou com formas irregulares têm agravamento por m2 sobre o preço base. Passados 15 dias após a entrega do pedido, os moldes poderão ser destruídos se o cliente não manifestar previamente decisão contrária.

COLOCAÇÕES

Quando a colocação é efetuada pela Vidrotorre, Lda, as quebras e defeitos derivados da colocação deixam de ser da responsabilidade da Vidrotorre, Lda após a assinatura do cliente no registo de colocação.

ACONSELHAMENTO TÉCNICO

As indicações ou sugestões deverão ser apenas tomadas como tal e nunca poderão constituir garantia, compromisso ou responsabilidade da Vidrotorre, Lda.

GARANTIA

Nos casos aplicáveis, a garantia incide exclusivamente sobre a qualidade dos materiais fornecidos, nas características indicadas e garantidas pelo fabricante da matéria-prima. O vidro duplo com câmara de ar AislaGlass tem uma garantia de 10 anos a partir da data de fabrico, válida para todos os defeitos que possam diminuir a visibilidade sobre as faces internas dos vidros. Estas garantias são válidas desde que sejam cumpridas as condições normais de utilização. A utilização indevida, acidentes ou outros danos provocados alheios à nossa responsabilidade, assim como todo e qualquer trabalho efetuado por terceiros em materiais por nós fornecidos, anularão de imediato qualquer tipo de garantia, sendo comunicado tal facto ao cliente. Não será atribuída garantia a vidros que venham a quebrar e que se verifique que os mesmos tenham quebrado por outro problema que não o de instalação, bem como as quebras espontâneas a que os vidros temperados estão sujeitos. A Vidrotorre, Lda não se responsabiliza por quebras de choque térmico provocadas por sobreposição de vidros, blackout ou elementos opacos junto dos vidros, palas, elementos que criem sobreaquecimento nos vidros, qualquer elemento colado sobre os mesmos ou entre eles. Vidros duplos com perfil decorativo não têm garantia.

TRANSPORTE

As mercadorias são transportadas sob risco e responsabilidade do cliente. Quando o transporte é efetuado sobre o veículo da Vidrotorre, Lda as quebras e defeitos imputados ao transporte deverão ser reclamados no momento da receção do produto. O produto é sempre fornecido a granel, qualquer embalagem solicitada será sempre de acordo com o orçamento prévio e a cargo do cliente.

EFEITOS ÓPTICOS

O processo térmico produz áreas com diferentes tensões na secção transversal do vidro, que normalmente não são visíveis mas que sob certas condições de luz se podem tornar visíveis (coloração).

RECLAMAÇÕES/DEVOLUÇÕES

Todas as reclamações/devoluções devem ser formalizadas por escrito e devem ser acompanhadas por um documento de faturação da Vidrotorre, Lda, servindo este como comprovativo de compra e do tipo de produto adquirido pelo cliente. A análise da reclamação será realizada após a entrega da mercadoria, sob a responsabilidade do cliente, nas instalações da Vidrotorre, Lda. Na impossibilidade desta, será fornecido de imediato um novo vidro, embora faturado, pelo que após vistoria dos serviços competentes da Vidrotorre, Lda, e se existir algum defeito que seja imputável ao Fornecedor, será efetuada nota de crédito. As despesas decorrentes da montagem e desmontagem dos materiais a substituir assim como armazenagem e prestação de serviço utilizadas naquelas operações consideram-se excluídas da responsabilidade da Vidrotorre, Lda.

FATURAÇÃO

Para efeitos de faturação, as áreas a debitar resultam da multiplicação das dimensões de um retângulo em que a peça se inscreve (a área mínima a efetuar é de 0,35m2). No caso de formas geométricas, que impliquem serviços internos, deverão ser contactados os serviços comerciais caso a caso para conhecimento do respetivo agravamento do preço de venda. Não será assumida pela Vidrotorre, Lda nenhuma rutura nos serviços de manufatura (em vidro fornecido por cliente). Os preços e as condições gerais de venda a aplicar são os que vigoram à data da expedição do produto.

PAGAMENTOS

Todos os pagamentos podem ser efetuados por cheque ou transferência bancária, e as reclamações sobre elementos das faturas deverão ser feitas num prazo de 30 dias. Das faturas que excedam os prazos de vencimento, serão debitados juros de mora à taxa legal em vigor.

LIMITE DE CRÉDITO

A Vidrotorre, Lda reserva-se o direito de fixar limites de crédito, exigir garantias bancárias ou outros meios de garantia de pagamento.

JURISDIÇÃO

Em caso de litígio, o foro competente será da Comarca de Valença, com a renúncia a qualquer outro foro ou domicílio.